Seja Bem Vindo, agora são:, do dia:
Ministérios
Bíblia
Entretenimento
Artigo

Dentes

ACERTE NA ESCOVA

 

O modelo correto, aliado ao uso de fio dental e da limpeza da língua,

evita dores e garante sorriso bonito

 

 

Com a cabeça grande ou Pequena? Quadrada ou redonda? Cabo ou longo? Escolher a escova de dente ideal é o primeiro passo para manter a boca saudável e os dentes limpos. Para quem não possui problemas sérios de placas ou cáries, o recomendado é usar uma escova macia. “Os modelos muito duros podem machucar as gengivas e desgastar os dentes, causando dor e até prejudicando a estética do sorriso”, alerta o cirurgião-dentista, Roberto Vianna, “para a prevenção da cárie e de doenças periodontais (infecções nas estruturas de suporte do dente, como osso e gengiva), é necessário fazer a remo¬ção completa da placa, principal causa desses problemas. Esta limpeza deve ser realizada por meio de uma correta escavação e uso diário de fio dental", completa Vianna.

É necessário também limpar a língua. "Ela acumula muitas bactérias, e é essencial limpá-la a cada escavação", explica o dentista e membro da direção da ABO, Newton Miranda de Carvalho. Ele alerta ainda para o uso de escovas elétricas. "Essas escovas podem machucar a gengiva, e só devem ser usadas por quem tem problemas motores, e com acompanhamento adequado."

Em bebês e crianças com menos de 4 anos deve ser usada uma dedeira, ou escova extra macia, que faz massagem na gengiva. Depois dessa idade, a criança já pode escovar os dentes sozinha usando uma escova de cabeça pequena, cerdas macias e que tenha proteção de borracha no cabo para evitar acidentes. "É recomendado que um adulto complemente a escovação da criança pelo menos na última vez do dia, antes de dormir”, completa Vianna.  Quem usa aparelho fixo deve ter cuidados especiais. "O ideal é complementar a escovação com escovas especiais como a bitufo (para limpeza dente por dente, com cabeça arredondada), a sulcos (com duas fileiras de cerdas) ou a orthodontic (com cabeça em forma de V)”, conclui Vianna.

 

 

Cuidados Adicionais

É indicado lavar a escova de dente após o uso e, depois de remover o excesso de água, borrifar um anti-séptico que pode ser adquirido em farmácias de manipulação, formado por gluconato de clorexidina (0,12%) e cloreto de cetilpiridínio (0,05%). Antes de cada escovação lave com água. Não seque a escova em toalhas de banho, pois pode contribuir para a contaminação. Guarde-a em armários e evite deixá-la em cima da pia. Os banheiros podem ser contaminados por microrganismos, como os coliformes fecais, presentes no aerossol que se forma após a descarga. E não esqueça de trocá-las a cada 3 ou 4 meses.

 



Autor:

 Copyright © Comunidade do Evangelho Pleno | Todos os Direitos Reservados